REGIONAL

Salões, barbearias e academias permanecem fechados no Ceará, diz Camilo


O presidente Jair Bolsonaro assinou, nesta segunda-feira (11), decreto que inclui as atividades de salões de beleza, barbearias e academias de esportes na lista de “serviços essenciais”.

A medida foi publicada no Diário Oficial da União, mas foi rejeitada por alguns governadores de estados que já se manifestaram contra a proposta. No Ceará, o governador Camilo Santana usou as redes sociais para se manifestar e disse que o decreto federal não altera em nada as normas estaduais.

Pela decisão do Supremo Tribunal Federal, prefeitos e governadores conhecem melhor a realidade local e a palavra deles prevalece em relação à do governo federal na permissão para determinados serviços voltarem a funcionar.

Vale lembrar que por força de decreto estadual, editado no dia 19 de março, grande parte de estabelecimentos comerciais do estado permanecem com suas portas fechadas.



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.