NACIONAL

INSS desbloqueia Benefício de Prestação Continuada (BPC)


Mais de 26 mil e 500 idosos e deficientes que recebem atualmente o Benefício de Prestação Continuada (BPC) terão os pagamentos desbloqueados automaticamente.

Esses beneficiários estavam na lista de pessoas que não realizaram a atualização das informações no cadastro único do governo federal. 

No ano passado, mais de 64 mil benefícios de prestação continuada foram suspensos por este motivo. Porém, este ano, por conta da pandemia, a suspensão ou bloqueio de benefícios do INSS estão proibidos até o fim do ano.

O BPC é pago para idosos e deficientes de baixa renda. O valor do benefício é de um salário mínimo, mil e 45 reais. Para ter direito ao benefício a pessoa não pode ter contribuído com a Previdência.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.