NACIONAL

Bolsonaro anuncia que auxílio a setor de bares e restaurantes será decidido em até 15 dias


O presidente Jair Bolsonaro prometeu responder, em até 15 dias, se o Governo tem condições ou não de ajudar novamente o setor de bares e restaurantes, que enfrenta os efeitos do recrudescimento da pandemia de Covid-19.

Bolsonaro levou representantes da categoria a uma reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta quarta-feira (27), e saiu de lá com uma lista de pedidos.

O presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Paulo Solmucci, participou da reunião e pediu a prorrogação da carência para pagar empréstimos no âmbito do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) e a prorrogação para que firmas possam reduzir a jornada e os salários dos funcionários, além de ajuda para empresas em relação ao Simples Nacional, regime de tributação especial.

"Vamos estudar nos próximos dias o impacto fiscal e a resposta (será dada) em duas semanas no máximo. No máximo. Da minha parte, tudo que eu procuro fazer é para resposta imediata. Sim ou não, mas imediata", declarou Bolsonaro depois do encontro.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.