POLICIAL

Ossada humana encontrada em Orós pode ser de funcionário de empresa de internet desaparecido em janeiro


O Núcleo de Perícia Forense de Iguatu (Pefoce) investiga os restos de uma ossada humana encontrado no último domingo (18) no sítio Curicaca, em um matagal, nas proximidades do cemitério do município de Orós, no Centro Sul do estado.

De acordo com informações da Polícia, os restos mortais estavam espalhados pelo chão e junto um par de botas e um uniforme da empresa provedora de internet Brisanet.

A polícia suspeita que a ossada pode ser do funcionário da empresa, Paulo Gabriel Custódio, de 32 anos, desaparecido no início deste ano. Segundo familiares, Gabriel saiu para trabalhar na cidade de Orós e seu último contato com a família foi no início da tarde de 14 de janeiro. Desde então ele nunca mais foi visto.

Na época, após tomar conhecimento do fato, a polícia encontrou a moto e os pertences de Gabriel intactos, dentro de um matagal.

Os restos mortais agora serão analisados. Material genético da família de Gabriel irá auxiliar a perícia na sua possível identificação. 

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.