REGIONAL

Governo do Estado vai pagar 50% do salário mínimo para novos trabalhadores do comércio e serviços


Em bate-papo semanal com a população pelas redes sociais, o governador Camilo Santana anunciou, nesta terça-feira (13), que encaminhará para votação na Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) projeto de lei que permite o Governo do Ceará subsidiar 50% do salário mínimo para empresas que contratarem novos trabalhadores. O subsídio será concedido durante seis meses e beneficiará empresas de comércio e serviços, setores que foram muito afetados pela pandemia da Covid-19.

“Serão 20 mil novos empregos gerados no Ceará, onde o Governo do Estado vai bancar 50% do salário desses trabalhadores. Uma forma de estimular renda, emprego e oportunidades para os nossos irmãos cearenses. Essa tem sido uma das minhas grandes preocupações, além da pandemia e da vacinação. A vacinação é prioridade, porque são vidas salvas, mas outra é gerar emprego e oportunidades”, garantiu Camilo Santana.

De acordo com o governador, a lei estabelece critérios para a política de subsídio, que será desenvolvida através da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (Sedet). “Tem que ser novos empregos, porque a gente quer gerar novos empregos. Também tem um teto de número de pessoas, vai ter toda uma regulamentação”, explicou.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.