NACIONAL

Anvisa suspende jogo entre Brasil e Argentina por descumprimento de protocolo sanitário

Um fato inétido no futebol aconteceu neste domingo (5), durante partida de futebol entre Brasil e Argentina, jogo válido pelas eliminatórias da copa do Mundo de 2022. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com a justificativa que a Argentina não cumpriu o protocolo sanitário contra a Covid-19, entrou em campo e com apoio da Polícia Federal, suspendeu a partida.

Segundo o orgão regulador, o time da Argentina burlou o protocolo sanitário, adotado por vários países, e aplicado no Brasil, que prevê que tanto quem sai ou entra na Inglaterra precisa passar por isolamento rígido de 14 dias. Acontece que a delegação argentina infringiu as regras e mandou a campo quatro atletas que não podiam jogar.

De acordo com informações, eles deram informações falsas ao entrar no Brasil e não cumpriram a quarentena. Neste caso, segundo a Anvisa, os atletas precisam ficar isolados até serem deportados do Brasil. Foram retirados do gramado o goleiro Emiliano Martínez, o zagueiro Cristian Romero, o volante Lo Celso e o meia-atacante Emiliano Buendía.

O diretor-presidente  da Anvisa, Antônio Barra Torres afirmou em entrevista que a presença dos atletas  em campo fere os protocolos sanitários do Brasil. Ele diz ainda que a delegação sabia que os jogadores não podiam entrar em campo e precisavam permanecer em isolamento.

A Argentina se recusou a jogar a partida sem os atletas retirados de campo. Já a Conmebol afirmou em suas redes sociais que em consenso com o árbitro decidiu pela suspensão do evento até a FIFA dar um parecer sobre a situação. 

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.