CIDADE

Comitê do Alto Jaguaribe define vazão para o Açude Trussu no segundo semestre de 2021


O Comitê da Sub Bacia Hidrográfica do Alto Jaguaribe, através de comunicado, assinado pelo gerente Regional da Cogerh, Anatarino Torres, detalha a forma de liberação da água do Açude Carlos Roberto Costa (Trussu).

No documento, consta que, após aprovação pelo comitê de bacias do Alto Jaguaribe, ficou definida uma vazão média de 150 L/s para ser operada pela válvula entre 1º de julho deste ano a 31 de janeiro de 2022. 

A operação se dará em forma de descarga e terá como principal objetivo recarregar o aluvião e preencher os poços naturais do Rio Trussu para atender demanda de reservatórios de água para uso animal nos meses mais secos do segundo semestre.

Em julho deste ano, em reunião virtual, a comissão gestora do reservatório decidiu que a liberação terá início em 15 de setembro com uma vazão de 800 L/s, no período de 20 dias, em seguida a vazão será reduzida para 400 L/s até o dia 20 de novembro.

O objetivo é a água escoar no mínimo até a passagem do sítio Barra I e no máximo até a captação do SAAE de Quixelô, localizado no sítio Botão. Segundo Anatarino Torres, caso a operação atinja o ponto máximo antes do dia 20 de novembro a vazão será reduzida, com o acréscimo de alguns dias em relação à data final indicada.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.