Polícia prende cinco suspeitos de crime eleitoral com saco de dinheiro em Caucaia


A Polícia Civil do Estado do Ceará prendeu na manhã deste sábado (28), durante uma operação no Parque Potira, em Caucaia, Miguel Carolino de Amorim, irmão de Naumi Amorim (PSD), candidato a reeleição como prefeito de Caucaia.

Também foram presos o secretário de Patrimônio, Assis Medeiros; o vice-presidente da Autarquia Municipal, Carlinhos Gomes; o subprocurador do município, Antônio Uedson da Silva; além de outra pessoa cuja identificação não foi confirmada.

A equipe de campanha à reeleição de Naumi estava em um veículo abordado pela polícia e foi flagrada com grande volume de dinheiro escondido nas roupas íntimas. Informações preliminares apontam que o montante encontrado gira em torno de R$ 600 mil e seria utilizado para compra de votos. Outros objetos com indícios de crime eleitorais, como um computador e uma lista com nomes também foram apreendidos na abordagem.

As cinco pessoas foram conduzidas à sede da Polícia Federal em Fortaleza, onde foram ouvidas. Segundo o delegado regional de combate aos crimes eleitorais da PF, Alan Robson Alexandrino, "não havia uma situação de flagrante delito, mas havia suspeita que justificou apreensão do dinheiro, celulares e computadores". 



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Policial

Facebook