REGIONAL

Em Icó, situação e oposição vão apoiar Camilo Santana ao governo

Os rumos da política cearense, logo após o anúncio das duas principais chapas que concorrerão ao Governo do Estado,  tornou-se um verdadeiro samba do crioulo doido. Jogaram a fidelidade partidária para debaixo do tapete. O que vale mesmo é trabalhar e apoiar quem tiver mais chances de vitória. No interior do Estado, prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos e demais lideranças políticas estão se dividindo quanto o apoio ao candidato ao governo Eunício Oliveira (PMDB), e Camilo Santana (PT), apoiado pelo governador Cid Gomes, num bloco de mais de 20 partidos.


Em Icó, por exemplo, as duas maiores forças políticas do município, deputado estadual Neto Nunes (PMDB) e o prefeito Jaime Júnior (DEM), já anunciaram publicamente seus apoios ao candidato ao governo Camilo Santana. Os ex-prefeitos de Icó, médicos Quilon Peixoto e Cardoso Mota, também já avisaram que seguirão Neto Nunes, que não disputará mais o mandato, lançando sua esposa, Laís Nunes (PROS) para sucedê-lo no legislativo estadual. O ex-prefeito Marcos Nunes (PMDB), derrotado no último pleito eleitoral, ainda não declarou que rumo vai tomar.


Enquanto isso, um grupo de rebelados, formado pelo vice-prefeito Diassis Pereira (DEM) e pelo menos seis vereadores estariam decididos a apoiar o candidato Eunício Oliveira. Segundo informações do blog do Fabrício Moreira, há poucos dias atrás a comitiva esteve reunida com o peemedebista para formatar o palanque da caravana do PMDB em Icó.





Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.