REGIONAL

Secretário de Segurança culpa crise econômica por aumento da criminalidade no Ceará


O secretário da Segurança Pública do Ceará, André Costa, culpou, nesta quarta-feira (20), em sua passagem pela Assembleia Legislativa, a crise econômica pelo aumento vertiginoso na criminalidade no Estado. Segundo André, o número de assaltos “é impactado pela questão da crise econômica do País, a falta de emprego e oportunidades”.

“Aumentaram o número de homicídios em vários estados, inclusive no Ceará. Isso após esse fenômeno [guerra entre facções], em nível nacional, as facções criminosas realmente intensificaram, acirraram a disputa por territórios e por mercado do consumidor de drogas. mas também temos o lado de assaltos que é impactado pela questão da crise econômica do País, a falta de emprego e oportunidades”. Quando assumiu a pasta, o secretário declarou guerra ao crime: “Justiça ou cemitério”.

O secretário disse ainda que o Governo do Estado está investindo na interiorização do Raio, na inteligência da polícia e na investigação criminal para combater o avanço da violência. Para André Costa, a real solução para o problema virá da Polícia Civil, responsável pelas investigação. “É a Polícia Civil que vai ter condições de resolver o problema do crime organizado no Estado do Ceará”.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.