REGIONAL

Açude Ubaldinho, no Cedro, chega a 20% da sua capacidade e traz preocupação


O reservatório, localizado no distrito de São Miguel, no município de Cedro, tem capacidade para acumular 31,8 milhões de metros cúbicos de água, no entanto, seu volume atual preocupa. De acordo com informações da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará – COGERH, órgão responsável pela administração do açude, o volume atingiu 20% da sua capacidade neste sábado (13).

A crise hídrica na região, provocada por 5 anos seguidos de seca, vem preocupando autoridades. 
Como forma de amenizar a situação, o Governo do Estado adquiriu máquinas perfuratrizes e está promovendo a perfuração de poços profundos em dezenas de municípios do interior.

Na região Centro Sul, dois reservatórios de maior capacidade também estão em situações críticas: o açude Trussu, com apenas 7,9%, e o Orós, com 5,9%. O açude Muquém, localizado no município de Cariús, com capacidade para 46 milhões de metros cúbicos, entrou no volume morto, com 2,7%.

A queda drástica na capacidade dos reservatórios, além de afetar o abastecimento de água, tem provocado estragos na economia de algumas regiões. No município de Orós, a baixa no nível do açude provocou a queda na produção de tilápia em tanques redes. Centenas de produtores estão parados.

A renda familiar dos produtores despencou, afetando mais de 700 famílias. A queda na atividade trouxe também sérios reflexos para a economia local. No pico, a produção de pescados chegou a 150 toneladas por mês. Há ainda algumas gaiolas no leito do Rio Jaguaribe e próximo à parede do reservatório, mas em número reduzido. “Sem renda, as pessoas compram menos, priorizam o essencial”, disse o empresário Luís Souza. 

 

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.