POLITICA

Lava Jato avança no Ceará

Ex-governador Cid Gomes é acusado pela JBS de recebimento de R$ 20 milhões em propinas
O Ministério Público Federal do Ceará já tem abertos 19 procedimentos referentes a Lava Jato no estado.

As investigações têm potencial para fazer um estrago tal qual a operação fez no Rio de Janeiro, uma vez que os principais políticos cearenses são atingidos.

O processo mais avançado é o que investiga o ex-governador Cid Gomes (PDT), coordenador político da campanha do irmão Ciro Gomes a presidência da República.

Decorrente da delação da JBS, a investigação apura o pagamento de propinas para os irmãos Ferreira gomes no valor de R$ 24 milhões, nas campanhas eleitorais de 2010 e 2014. A informação é da Revista Crusoé.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.