NACIONAL

Justiça eleitoral está atenta às publicações de candidatos


Com o início da campanha eleitoral, a Justiça também está atenta às publicações dos candidatos na internet. Há regras que definem o que pode e o que não pode ser feito nas redes sociais. 

No pleito deste ano, a campanha na internet também será uma importante estratégia para partidos e candidatos. A Justiça Eleitoral permite que os conteúdos sejam veiculados nos sites dos candidatos, partidos e coligações; por e-mail; e por meio de blogs, redes sociais e sites de mensagens instantâneas.

"Mas é preciso estar atento para evitar os excessos nas publicações. Qualquer conteúdo ofensivo contra algum candidato poderá ser denunciado e o autor, ao ser identificado, receberá punição da Justiça Eleitoral", disse Daniela Lima da Rocha, coordenadora do Juizado Auxiliar da Propaganda Eleitoral.

As campanhas eleitorais poderão pagar para impulsionar propagandas nas redes sociais. De acordo com as regras, o impulsionamento é permitido, durante o período de campanha eleitoral, desde que diretamente contratado pelos partidos, coligações ou candidatos por meio das plataformas de mídias sociais.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.