CIDADE

Rotary Club de Iguatu adota Casa de Acolhimento Padre José Marques


A Casa de Acolhimento Padre José Marques conta a partir de agora com a parceria do Rotary Club de Iguatu, que adotou a instituição para desenvolver ações sociais no ano rotário 2018/2019.

Foi com o pensamento de ajudar ao próximo que surgiu, há 20 anos, a Casa de Acolhimento Padre José Marques, antes chamada de Casa do Faminto. O projeto social funciona no bairro Prado pela Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, e atende uma média de 80 pessoas diariamente.

Recentemente, uma comitiva de rotarianos visitou o espaço. Inicialmente o projeto de parceria planeja suprir as necessidades de equipamentos do local. O Rotary em parceira com a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) conseguiu destinar a doação de um congelador de 510 litros, além de prateleiras. Uma ventilação local do ambiente também está sendo estudada.

“Sentimos a necessidade dos que fazem a Casa. É um lugar muito quente que hoje tem sua área limitada para os que exercem o voluntariado e os que vêm em busca do alimento. Estamos traçando estratégias para trazer mais dignidade aos que frequentam aqui”, disse Marcos Ageu, presidente do Rotary Club de Iguatu.

No dia 18 do mês de dezembro, a Casa da Amizade, entidade formada pelas esposas dos rotarianos, planeja a realização de um Natal solidário com os usuários diários do local.

Saiba mais

A Casa de Acolhimento é mantida através de doações de particulares, empresas e pelo Programa Mesa Brasil, do Sesc. As pessoas interessadas em ajudar com doações podem procurar a Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no bairro Prado, ou a própria Casa de Acolhimento Padre José Marques, na Rua Engenheiro Wilton Correia Lima, próximo ao Detran.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.