CIDADE

Vereadores aprovam projeto que aumenta em até 40% salários de 1º escalão da Prefeitura de Iguatu


A Câmara de Vereadores de Iguatu aprovou, durante sessão extraordinária, realizada nesta terça-feira (8), projeto de Lei 001/2019, modificando o organograma da administração do prefeito Ednaldo Lavor, além de outras providências. Votaram a favor do projeto 12 parlamentares: Eliane Braz, Eudisvan, Rubenildo Cadeira, Bandeira Júnior, Zilfran, Marciano, Pedro Lavor, Diego Felipe, Vicente Reinaldo, Marconi Filho, Jozias Lucas e Ronald Bezerra.

Os vereadores do bloco de oposição, Lindovan Oliveira, Antônio Baixinho e Louro da Barra votaram contra, por acharem a proposta imoral, que ao invés de promover um enxugamento nas despesas do município, fez o contrário, ou seja, aumentou em até 40% os salários de secretários municipais, adjuntos e outros cargos da gestão municipal.

Um secretário municipal que recebia R$ 4.500,00, vai passar a ganhar R$ 5.500,00; um secretário adjunto, de R$ 2.500,00, vai receber R$ 3.500,00. Muitos outros cargos tiveram reajustes acima de 20%. De acordo com o vereador Lindovan, com a aprovação do novo plano, a folha de pagamento teve um aumento de custo de mais de R$ 100 mil reais.

Durante a sessão extraordinária, os vereadores também aprovaram projeto de Lei 061/2018, que faz concessão para a iniciativa privada explorar os seguintes equipamentos: Abrigo Metálico, Complexo Esportivo do Cocobó, Mercado do Peixe e dos prédios remanescentes da antiga RFFSA. 



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.