CIDADE

Justiça determina bloqueio de R$ 1,2 milhão em bens do prefeito de Iguatu


Após o Ministério Público de Iguatu ajuizar ação civil pública por ato de improbidade administrativa, a juíza da 3ª Vara da Comarca de Iguatu, Izabela Mendonça Alexandre decidiu, em tutela de urgência, pedir a indisponibilidade dos bens do prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor no montante de até R$ 1.200.000,00, valor correspondente a aplicação de multa civil de 100 vezes o salário do gestor.

Na decisão a juíza ainda determina que o prefeito e o município se abstenham de veicular nas redes sociais e site institucional, e em suas redes privadas, publicações de ações governamentais que caracterizem promoção pessoal, destacando o nome do gestor ou a sua imagem, mesmo que a pretexto de levar informações ao cidadão, bem como que retire do ar, no prazo de 5 dias. as publicações já realizadas, sob pena de multa diária no valor de R$ 5 mil reais.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.