CIDADE

Polícia Militar lança grupo de apoio às mulheres vítimas de violência em Iguatu e região

 

A Polícia Militar do Ceará, através do Quartel do 10º BPM, sediado em Iguatu, lançou um novo canal de comunicação para auxiliar a população a denunciar casos envolvendo a violência contra a mulher.

O grupo de apoio, denominado "Guardião da Família", terá um canal exclusivo para denúncias, através do número  (88) 9 8178 2370, recebendo ligações telefônicas e mensagens via WhatsApp. O sigilo total será garantido aos denunciantes.

Todos os trabalhos funcionarão em parceria com a Delegacia da Mulher, Centro de Referência e Assistência Social (CRAS), Ministério Público e Poder Judiciário, com objetivos preponderantes:

Atender as mulheres vítimas de violência familiar; Incentivar o empoderamento feminino para realizar denúncias contra quaisquer tipos de violência que tenha sofrido ou esteja sofrendo; Acompanhar as vítimas até a Delegacia da Mulher para os procedimentos legais; Angariar esforços para solidificação da Justiça contra o agressor, além de encaminhar as vítimas para Centro de Referência e Assistência Social - CRAS.

"O nosso objetivo é servir  sociedade cada vez mais e, com esta ação, poder garantir às mulheres do nosso município forças para abandonarem qualquer tipo de relacionamento que tragam desde um simples constrangimento até a dimensão de um crime de maior potencial ofensivo", disse o tenente coronel Giovani Sobreira, comandante do 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Iguatu. 


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.