POLICIAL

Ceará atinge a marca de 300 mulheres assassinadas em 2020 com aumento de 31%


Com 300 mulheres assassinadas em menos de 11 meses completo, o Ceará já registra um aumento da ordem de 31 por cento se comparados os anos de 2019 e 2020. No ano passado, 229 mulheres foram mortas no estado.

A mais recente vítima foi uma garota de 18 anos, grávida, morta em Juazeiro do Norte. Ericlene dos Santos foi executada pelo ex-namorado no momento em que estava sentada na calçada da sua residência, no bairro Franciscanos, quando foi alvejada por vários disparos.   

Das 300 mulheres mortas no Ceará neste ano, 40 delas foram assassinadas somente em maio, o mês que apresentou o maior número de crimes do gênero até agora.  

O Interior do estado foi a área do Ceará com maior número de crimes, com 138 mulheres assassinadas. Na Região Metropolitana de Fortaleza ocorreram outros 91 casos, e na Capital mais 71 crimes do gênero.

Neste mês de novembro, 14 mulheres foram assassinadas em 19 dias.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.