NACIONAL

Obesidade contribui para agravamento da Covid-19 em jovens, aponta estudo


Estudo realizado no Reino Unido, a partir da observação de 6,9 milhões de pessoas, mostra que quanto maior for o índice de massa corpórea, maior a chance de agravamento da infecção provocada pelo novo coronavírus.

No Ceará, conforme dados da Secretaria da Saúde do Estado, a obesidade está destacada como terceira comorbidade mais relatada dentre os casos de pacientes que agravam e precisam seguir para hospitalização, atrás apenas da diabetes e cardiopatias, respectivamente.

Uma das constatações do estudo mostra que a obesidade, sozinha, pode agravar casos da Covid-19 em jovens entre 20 e 39 anos de idade.

“O estudo [do Reino Unido] mostrou que existe relação linear. Mostrou que o índice de massa corpórea a partir de 23 já eleva o risco para hospitalização. E esse índice acima de 28 eleva o risco de morte”, explica a médica endocrinologista Ana Flavia Torquato.

Segundo o Ministério da Saúde, pessoas com obesidade são prioridade para a vacinação contra a Covid-19 e estão incluídas na terceira etapa da campanha, que deve ser iniciada neste mês de maio.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.