Governo vai antecipar abono e 13° salário para beneficiários do INSS


No intuito de garantir a retomada econômica e compensar o fim do abono salarial, que injetou R$ 254 bilhões na economia e atendeu 66 milhões de pessoas, o governo vai adiantar o 13º salário dos aposentados do INSS.  A intenção é, também, adiantar o abono salarial, uma espécie de 14º salário para os trabalhadores que ganham até dois salários mínimos. A medida já havia sido adotada em 2020, por conta da pandemia do novo coronavírus.

Segundo fontes do governo, a intenção é pagar a primeira parcela do 13º dos aposentados e pensionistas do INSS em fevereiro e a segunda, em março. O mesmo calendário seria usado no pagamento do abono salarial.

O governo também está planejando um reajuste no valor do Bolsa Família. No ano passado, durante o pagamento do auxílio emergencial, os beneficiários do programa passaram a receber o mesmo valor, ou seja, parcelas de R$ 600, e depois de R$ 300 reais.

No retorno aos valores antigos do programa, o governo planeja um aumento do valor do benefício, de R$ 190 para algo em torno de R$ 300. Além disso o governo tem planos para incluir cerca de 300 mil famílias, algo na casa de um milhão de pessoas, ao programa, que hoje atende 14 milhões de famílias.

 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Policial

Facebook