CIDADE

Pesquisa divulgada pelo prefeito de Iguatu é paga e tem metodologia suspeita

O prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor (PDT) utilizou as redes sociais para divulgar um suposto índice de aprovação do seu governo, com índices de 83% de avaliação ótima e boa.

Segundo a divulgação do prefeito, os dados foram levantados pelo Instituto Tiradentes, através de enquete via telefone fixo. A empresa faz uma avaliação de prefeitos e vereadores do País, através de uma metodologia desconhecida, e oferece aos selecionados uma participação em congresso para a entrega da premiação.

Trata-se, na verdade, de uma promoção que visa o lucro e cuja pesquisa não possui metodologia aprovada pelos institutos tradicionais, já que não há pesquisadores nas ruas. Além disso, os políticos aptos a serem agraciados com a medalha precisam pagar uma “taxa” para participarem da cerimônia de entrega dos prêmios. 

Na página da empresa no Facebook, há inúmeras críticas de internautas de outros municípios, todos questionam a veracidade dos índices apresentados para os políticos de suas regiões.

No caso do prefeito de Iguatu, o dinheiro público estaria sendo utilizado para  o pagamento de pesquisa, cujo objetivo é camuflar o desgaste da sua administração junto à população do município. 

Na administração do prefeito Ednaldo Lavor, quem busca atendimento médico precisa peregrinar durante a madrugada nos postos de saúde para marcar uma consulta. Há filas para a realização de exames e faltam medicamentos básicos nos postos de saúde. No Hospital Regional do município faltam insumos e medicamentos, além de médicos especialistas.

Na educação, a merenda servida nas escolas municipais é precária. Há atrasos no pagamento do transporte escolar e faltam fardamentos para os estudantes. Além disso, o município de Iguatu está com sua infraestrutura prejudicada, com ruas esburacadas e praças totalmente abandonadas. A cidade vive um caos administrativo sem precedentes.



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.