CIDADE

Defensoria em Movimento realiza atendimento concentrado na Cadeia Pública de Iguatu


A Defensoria Pública de Iguatu, em parceria com a Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) e apoio do Comando da Polícia Militar, realiza nesta terça e quarta-feira (12), a partir das 8 horas, na Cadeia Pública de Iguatu, o projeto Defensoria em Movimento.

A ação visa o atendimento jurídico e a análise de processos judiciais, dando encaminhamento aos benefícios cabíveis de acordo com cada caso analisado. A previsão é atender cerca de 100 internos, incluindo as mulheres que também estão reclusas na Cadeia Pública de Iguatu.

A unidade possui capacidade para 55 detentos, mas, de acordo com dados da Sejus, atualmente acolhe 202 detentos, entre provisórios e condenados. A cadeia também abriga mulheres: são 22 entre provisórias e condenadas recolhidas na unidade.

Participarão da ação os defensores públicos Eduardo Villaça, Raimundo Nonato Albuquerque Júnior e Sofia Frota Albuquerque. “A Defensoria Pública tem por missão resguardar o regular cumprimento da pena, em todas as instâncias e graus de jurisdição, além de ter como mandamento constitucional a defesa jurídica integral e gratuita dos mais vulneráveis. Desta forma, com o apoio do projeto Defensoria em Movimento e esse atendimento jurídico concentrado, vamos atender, orientar e informar os internos sobre o processo de cada um deles”, relata a defensora pública Sofia Frota.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.